12/03/2017

Capítulo 19. Break Up

ignorem qualquer erro e não desistam de mim xx



Nashville
Casa do Joe, 07:15 da noite.

Joseph ligou a televisão num canal qualquer de esporte e foi diretamente para a cozinha. Sentiu seu celular vibrar no bolso do jeans e sorriu ao ler a mensagem de Elisa confirmando sua presença num jantar que ele faria pra ela. Joe lavou as mãos e procurou por alguns ingredientes na geladeira e no armário, fazia muito tempo que ele e Elisa não fazia algo intimo, apenas os dois. Enquanto cortava os tomates para preparar um risoto, Joe lembrou-se da tarde divertida que teve com Sophia e Daniel. Eles haviam feito várias brincadeiras divertidas e pintaram alguns desenhos, a garotinha era tão pequena mas tão esperta que ele não podia negar, estava encantado com o jeitinho meigo dela! Joe colocou o restante dos ingredientes dentro da panela e encarou um canto qualquer.


Flashback on


A chuva forte do lado de fora não impediu que Joseph preparasse um jantar especial para sua amada. Eles já haviam se resolvido e Joe queria fazer uma surpresa pra ela. Olhou em volta e sorriu, a mesa estava perfeitamente decorada com rosas vermelhas e velas, a lasanha no forno cheirava bem e ele tinha certeza que Demetria iria gostar. Joe olhou para o relógio e sentou no sofá, ainda tinha alguns minutos até o horário marcado. Ele ligou a televisão e colocou em um filme qualquer. Se passaram uma, duas, três horas e nada de Demetria chegar, a lasanha já estava fria em cima da mesa! Joseph havia mandado mensagens e ligado mas ninguém atendia, ele estava ficando preocupado. Pegou seu celular em cima da mesinha de centro e tentou ligar novamente, chamou uma, duas, três e na quarta vez ela finalmente atendeu.

— Aonde você está?

— Joe... — A voz embargada fez seu coração acelerar, rapidamente ele soube que tinha algo muito errado acontecendo.

— Amor, o que aconteceu? — Perguntou tentando manter a calma, por algum motivo ele estava desesperado e sentia seu coração apertar.

— Joe... o meu... o meu pai... faleceu. — Ele conseguiu sentir a dor na voz dela. As lágrimas desciam pelo seu rosto sem parar, Eddie era um grande amigo, aquilo não podia estar acontecendo!

— Querida, aonde você está? — Sua voz saiu surpreendente forte apesar da dor que estava sentindo, ele precisava se manter forte pra conseguir consolar e ajudar a namorada.

— Eu.. eu estou no hospital. — Joe pegou a chave do carro e saiu rapidamente.

— Eu chego ai em poucos minutos. — Disse dando partida no carro. Ele realmente não demorou muito para chegar ao hospital, com certeza levaria uma muta por excesso de velocidade mas ele não estava nem aí. Joe estacionou o carro de qualquer jeito no hospital e adentrou no hospital correndo, procurou a namorada pelo local e suspirou ao encontrá-la na sala de espera. Assim que o viu, Demi correu e o abraçou despejando toda a sua dor nas lágrimas, por mais que seu coração estivesse quebrado, nos braços dele, ela se sentia um pouco mais viva.

— Foi horrível, Joe! — Demi falou depois de um tempo em silêncio, ela ainda estava abraçada ao namorado e Joe sentia sua camisa molhada por causa das lágrimas dela. — Eu o encontrei deitado no chão e... não tinha ninguém em casa, eu não pude fazer nada para ajudá-lo, eu estou com tanto medo. — Joe não sabia o que dizer então apenas afagou os cabelos dela e beijou-lhe a testa. — Me tira daqui? Por favor, eu não quero mais ficar aqui. — Joe suspirou e assentiu assim que viu seu pai chegar, sabia que Paul cuidaria muito bem de Dianna e ajudaria em tudo o que fosse preciso.

— Me leva com vocês? — A voz embargada de Miley e os olhinhos azuis cheio de dor fez o coração de Joseph se estraçalhar, ele assentiu e depois de se despedir de Dianna levou as garotas para sua casa.


Flashback off


O som da campainha ecoou pela casa fazendo Joseph se despertar das lembranças. Ele largou o pano de prato em cima da bancada e foi abrir a porta, sorriu ao ver Elisa e lhe deu um selinho demorado. 

— Oi amor, tudo bem? — Elisa o abraçou pelo pescoço e beijou a bochecha dele. Joe sorriu e lhe abraçou apertado pela cintura.

— Tudo ótimo, e você? 

— Estou ótima, fiquei muito feliz quando recebi o convite. — Eles selaram os lábios num beijo carinhoso e sorriam entre o beijo.

— O jantar deve ficar pronto em alguns minutos, enquanto isso você pode ir tomar um banho e relaxar um pouco. — Elisa sorriu e o abraçou pela cintura, Joseph era um cara incrível e ela se sentia a mulher mais sortuda por tê-lo e não pretendia deixá-lo ir tão cedo, faria o que fosse possível para ter aquele homem apenas para si.


Nova York
08:20 da noite


A tensão tomava conta de todas as partes do corpo de Demetria. Ela já estava sentada naquela mesa à mais de duas horas e meia e eles ainda não haviam e entrado em um acordo. Bradley não queria facilitar o lado dela e ela estava tão irritada, porque ele tinha que tornar as coisas tão complicadas? Será que ele não percebia que estava apenas atrasando a vida dela? 

— Eu não estou à favor desse acordo. Sophia não precisa de duzentos e cinquenta mil dólares de pensão e você não tem direito nenhum sobre minhas ações. — Bradley disse depois do advogado de Demetria sugerir um acordo, Demi estava tentando fali-lo e ele não deixaria isso acontecer.

— Meu Deus, Bradley! Assina logo essa droga de acordo, você tem milhões na sua conta e alguns mil à menos não vai fazer diferença. 

— Ah, pode apostar que eu vai, querida. — Piscou e Demi revirou os olhos irritada, se não tivesse uma juíza em sua frente, ela com certeza voaria em cima dele e faria um estrago naquele rostinho bonitinho. 

— Mão de vaca. — Miley murmurou para si mesma, ela estava sentada ao lado da irmã e observava tudo.

— Já que não chegamos à acordo nenhum eu vou ser obrigada à ditar as regras por aqui e propor o acordo. — A juíza disse arrumando os óculos de grau no rosto, ela leu algumas informações básicas sobre o casal e os encarou. — Vamos começar pelo mais importante: a guarda de Sophia Faith Cooper! — Demi encarou a irmã e mordeu o lábio inferior, ela não sabia o que faria se perdesse a guarda da sua menina para ele. Miley entrelaçou seus dedos com os dedos da irmã e apertou lhe passando força. — Sr. Cooper, você tem algum interesse em ter a guarda da menina?

— Sinceramente? Eu tenho sim! — Demi o encarou incrédula, ele queria foder a vida dela de todo jeito. — Eu amo aquela garotinha e se ela ficasse sob a minha responsabilidade, eu jamais deixaria faltar nada para ela, ela teria tudo o do melhor. Eu a amo e sei que ela me ama também e sente minha falta. 

 — Ela te ama tanto que chama outro de pai! — Demi disse extremamente irritada. — Para de tentar bancar o bonzinho, você nunca esteve nem aí pra Sophia, nunca se importou com ela, está fazendo isso pra tentar me ferrar. 

— Você fala de mim mas e você, Demetria? Você também nunca se importou com ela!

—  Eu confesso que por muitos meses eu não estava nem aí pra ela mas eu mudei, hoje ela é tudo o que eu tenho, a única coisa boa que saiu desse relacionamento fodido e eu vou fazer o possível e impossível pra ela ficar comigo. 

— Você é patética. — Bradley riu e Demi respirou fundo, algumas lágrimas estavam se formando em seus olhos, ela estava magoada! Nunca havia imaginado que seu casamento terminaria assim: brigando por dinheiro.

— Com base em tudo o que eu vi hoje, cheguei à uma conclusão. — Demi respirou fundo e limpou as lágrimas que desciam pela sua bochecha. — Sophia Faith Cooper ficará sob a guarda da mãe, Demetria Lovato. Pelo o que eu pude ver ela está em perfeita condições para cuidar da menina por isso não vejo motivos para separá-las. Bradley Cooper terá direito de visitas nos finais de semanas e se quiser, passar férias com a garota. — Demi soltou o ar e sorriu deixando as lágrimas de felicidade tomar conta do seu rosto, Miley sorriu animada e abraçou a irmã. — Sophia terá uma pensão mensal de duzentos mil dólares paga pelo pai. Por lei, cinquenta por cento das ações adquirida por Bradley durante o casamento irão ficar no nome de Demetria, caberá somente à ela decidir o que será feito com parte dessas ações, a cobertura localizada em Manhattan ficará sob posse de Bradley e a casa localizada no Estado da Califórnia ficará sob posse de Demetria. Sendo assim, dou por encerrado esse processo! — O alívio dentro do peito foi tão grande que Demi jogou-se nos braços da irmã e chorou, chorou de felicidade e principalmente alívio, finalmente estava livre para tomar novas decisões e se tonar uma pessoa melhor. 

— Você conseguiu. — Miley disse alisando as costas dela. — Você é uma mulher tão forte e eu tenho muito orgulho de você. — Demi sorriu entre as lágrimas e beijou a bochecha da irmã. Depois de assinar várias papeladas, eles saíram da sala. Bradley estava visivelmente irritado, se olhar matasse, Demi com certeza estaria na missa do sétima dia. — Ei bundão. — Miley o chamou com os braços cruzados, Bradley virou e arqueou a sobrancelha. — É você mesmo, seu merda! Antes de ir me responda uma coisa: valeu à pena o par de chifres que você colocou na minha irmã? — Bradley andou irritado até Miley e Demi se colocou na frente da irmã antes que Bradley a acertasse com um tapa, quando ele levantou a mão de Scott segurou seu pulso e o empurrou pelo peito. 

— Qual é a sua cara? Quer ser preso por agressão? 

— Valeria à pena, essa vadia merecia uns bons tapas. — Ele disse se referindo à Demi, ela estava assustada, Bradley nunca havia mostrado um comportamento agressivo com ela mas Demi não se intimidou, deu um passo para frente e o encarou com o queixo erguido. 

— Levante sua mão mais uma vez pra mim ou pra minha irmã e eu vou garantir que você passe o resto da sua vida na cadeia, nem seus milhões serão capazes de te tirar de lá, está me entendendo? 

— Vai pro inferno!

— Eu vou mas te arrasto pra lá junto comigo. — Demi pegou sua bolsa e saiu acompanhada do advogado e da irmã, ela iria para uma coletiva de imprensa que aconteceria num dos prédios da Chanel. Ela adentrou no carro e encostou a cabeça no vidro enquanto o motorista lhe levava até o local aonde aconteceria a coletiva de empresa, Demi fechou os olhos e acabou adormecendo, aquele dia havia sido cheio de altos e baixos.


Flashback on


Fazia duas semanas que seu pai havia falecido e Demi estava impossível, ela já havia aprontado poucas e boas pela cidade e por muito pouco não havia sido presa. Seu relacionamento com Joe estava descendo ladeira à baixo e ela sabia que era culpada disso mas era orgulhosa demais para admitir, sabia que em algum momento eles iam conversar sobre isso mas enquanto desse ela iria adiar aquela conversa. Com a cabeça deitada no peito de Joseph, ela conseguia sentir as batidas do coração dele, a respiração de ambos estavam ofegantes e eles estavam soados, Demi ainda conseguia sentir suas pernas tremerem. O celular dele tocou alto quebrando o silêncio agradável no chalé, Joe esticou os braços e atendeu o celular. 

Selena?... — Ao ouvir aquele nome, Demi sentou na cama cobrindo os seios com o lençol e o encarou com a sobrancelha arqueada. — O que aconteceu?... Eu estou indo ai, ok?... Não saía dai!... eu não vou demorar, prometo. — Joe levantou-se da cama e foi para o banheiro, em poucos minutos ele estava de volta vestido e com os cabelos molhados. 

— Pra onde você vai? — Demi perguntou depois de vestir suas roupas intimas. 

— Selena precisa de mim. — Ela revirou os olhos e bufou alto, qual era o problema dele, afinal?

— Eu não acredito que você vai me largar aqui depois do que fizemos. — Disse incrédula, Joe pegou as chaves e guardou no bolso da calça jeans. 

— Selena precisa de mim. 

— Eu também preciso. — Cruzou os braços como uma criança birrenta, ela não queria acreditar que seu namorado estava lhe trocando pela garota que ela mais odiava.

— Demi já conversamos sobre isso, ela é minha amiga e não posso deixá-la sozinha em um momento difícil

— Você não pode deixá-la sozinha mas vai me deixar aqui sozinha? Se você for Joseph eu juro que vai se arrepender

— Eu não vou discutir com você sobre isso agora, ta legal? Se você quiser eu te dou uma carona até em casa. 

— Vá pro inferno com sua carona, aproveita e leva sua amiguinha junto. — Entrou no banheiro e bateu a porta. Quando saiu do banheiro alguns minutos mais tarde ela não acreditou que Joseph realmente havia ido atrás de Selena, pensara que ele ficaria com ela como das outras vezes. Ela o xingou mentalmente e saiu do chalé batendo a porta com força. 


Flashback off


Demi abriu os olhos e se assustou com a quantidade de fotógrafos e repórteres que tinham ali na frente. Ela procurou os óculos escuro dentro da bolsa e suspirou. A porta do carro foi aberta e ela desceu junto com Miley, a explosão de flash em sua direção quase lhe deixou cega, ela segurou a mão da irmã e juntas elas adentraram no prédio. Demi sorriu ao ver Anne falando ao telefone, elas se abraçaram fortemente matando a saudade.

— Eu senti tanto a sua falta, minha menina. — Anne era apenas três anos mais velha que Demi mas era uma verdadeira mãezona, ela cuidava muito bem de Demi e se preocupava como uma mãe. — Como você está?

— Estou me sentindo livre. — Sorriu e separou o abraço. — Eu senti sua falta. — Elas sorriram e se abraçaram novamente. — Anne, essa é minha irmã, Miley. — Disse assim que elas se separaram, Anne olhou para Miley, sorriu e a puxou para um abraço.

— Ah querida, Demi falava tanto de você, é um prazer finalmente conhecê-la. — Miley sorriu e retribuiu o abraço na mesma intensidade. — Me diga: como Sophia está? — Perguntou enquanto elas subiam ao elevador para uma equipe arrumar Demi,

— Ela está tão grande e esperta, ela já fala "mamãe", sabe pedir as coisas e adora aprontar!

— Você esqueceu de dizer que ela chama Joseph de pai! — Miley disse inocentemente

— Miley!

— Joseph? O seu ex-namorado? — Demi assentiu e suspirou. — Demetria, vocês dois...

— Não, claro que não! — Se defendeu, seu coração estava acelerado só de ouvir o nome dele e ela nem sabia o motivo. — Eu não sei da onde ela tirou isso, ela simplesmente acha que ele é o pai dela... eu preciso fazer ela parar com isso, Joseph não é o pai dela e ela precisa entender isso.

— Eu duvido que ela vá parar com isso tão cedo. Sinto muito dizer mas ela se apegou à ele, quando Joseph está por perto ela não quer ficar nem com a tia querida dela. — Miley disse fazendo uma careta ao lembrar que Sophia lhe rejeitou para ficar com Joseph.

— Você está ferrada, amiga. — Anne disse batendo no ombro de Demi, as portas metálicas se abriram e elas saíram do elevador. Adentraram numa sala aonde os maquiadores já esperavam por elas, Demi sentou-se numa cadeira e enquanto era maquiada aproveitou para fazer uma chamada de vídeo com sua mãe, ela estava com saudades da sua garotinha.

— Mamãe. — Sophia gritou risonha assim que viu o rosto da mãe pela tela do celular.

— Oi meu amor. — Demi disse sorrindo, Anne observou a amiga e sorriu. Demi havia passado por grandes mudanças e dava pra ver isso de longe, antigamente ela não estava nem aí para a menina e ver todo aquele amor estampado em seus olhos era algo muito bonito de ver. — Mamãe está com tantas saudades, não vejo a hora de chegar e encher de beijos.

— Fala pra mamãe que você ama ela. — O rosto de Dianna apareceu ao lado de Sophia e Demi sorriu. — Fala assim "eu amo você".

— Mamãe. — Apontou e as risadas do outro lado da tela fez Sophia olhar para o celular com curiosidade.

— Mamãe te ama muito, meu amor.

— Como você está, querida? — Dianna perguntou visivelmente preocupada.

— Eu estou bem, mãe. — Sorriu.

— Ocorreu tudo bem? Ele fez alguma ameaça?

— Ocorreu tudo bem, mãe, não precisa se preocupar, o.k? Está tudo resolvido. — Sorriu fraco. Ela não queria preocupar sua mãe, já estava tudo resolvido e não havia motivos para querer arrumar mais problemas, sabia que se sua mãe soubesse que Bradley havia levantado a mão para elas, Dianna pegaria o primeiro voo para Nova York.

— Minha intuição de mãe diz que tem algo à mais mas eu não vou insistir nisso, quando quiser falar sinta-se à vontade.

— Obrigada. — Disse fazendo um biquinho para o maquiador passar blush em suas bochechas. Elas ficaram conversando mais um pouco até Anne dizer que estava na hora, Dianna desejou boa sorte pra sua menina e Sophia mandou um beijo babado para a mãe e deu tchau com a mãozinha.

— Preparada? — Anne perguntou e Demi assentiu enquanto arrumava o cabelo em frente ao espelho. — Responda apenas as perguntas que se sentir confortável para responder, o.k? — Demi assentiu, respirou fundo e soltou o ar. Ela estava preparada!



Nashville
Casa do Joe, 09:30 da noite.

Joseph e Elisa estavam deitados no sofá. Eles já haviam jantado e agora estavam curtindo a companhia um do outro, ele tinha a cabeça encostada no peito dela enquanto Elisa fazia cafuné nos seus cabelos, aquilo era bom e o deixava manhoso. 

— Você está me deixando muito mal acostumado. — Joe disse quando Elisa colocou um pedaço de morango na boca dele. Ela sorriu e deu um selinho nele. 

— Você merece todo o mimo do mundo, amor. — Disse enchendo o rosto dele de beijinhos. Joseph sorriu e a beijou. 

— Vamos assistir um filme? — Perguntou levantando a cabeça para encará-la melhor, Elisa assentiu e roubou um selinho dele. — Eu vou buscar o notebook, o.k? — Elisa ligou a televisão e foi mudando os canais enquanto esperava Joseph buscar o notebook no andar de cima, no canal E! estava passando o programa E!News, era um programa aonde duas apresentadoras contavam todas as novidades no mundo dos famosos. 


Parece que a stylist Demi Lovato finalmente resolveu
falar sobre o fim do seu relacionamento com o empresário
  Bradley Cooper. A estilista dos famosos está dando uma
entrevista coletiva em frente ao prédio da Chanel, em Nova York.
Um dos nossos repórteres estão lá para garantir tudo em primeira mão. 


— O que está assistindo? — Joe perguntou descendo as escadas com o notebook e os cabos para plugar na televisão, ele parou o que estava fazendo assim que o rosto de Demi tomou conta da televisão, ela estava tão linda!

  • A modelo e até então sua amiga, Taylor Swift, soltou uma nota recentemente aonde diz que quando saiu com Bradley vocês dois já haviam rompido o relacionamento e que vocês já se resolveram quanto há isso. O que você tem há dizer sobre isso? 
— Eu não tenho contato com a Taylor desde que eu descobri sobre os dois, nós não somos amigas e tudo o que ela disse é uma grande mentira! 

  • A traição foi o motivo pelo qual você se afastou de tudo e voltou para sua cidade?
— Foi um dos motivos! Eu estava perdida e presa em algo que não estava me fazendo bem, eu precisava me afastar, rever meus conceitos e colocar a cabeça no lugar. 

  • Falando sobre a sua carreira: Você já tem uma nova coleção em mente? Boatos dizem que você está escalada para criar o figurino da nova turnê da Madonna, isso é verdade? Como você está se sentindo?
— Não, eu não tenho uma nova coleção em mente mas vou começar a trabalhar nisso em breve. Eu iria amar trabalhar com a Madonna, ela é uma mulher tão incrível e poderosa! Seria um sonho mas por enquanto isso é apenas um boato, não temos nada confirmado.

  • Quando a traição se tornou algo público muitas famosas se pronunciaram e lhe deram apoio, como você se sente sobre isso e... o que você tem à dizer a Taylor Swift? 
— Eu me sinto muito feliz e acolhida em saber que eu tenho apoio de tantas pessoas incríveis... isso realmente faz uma grande diferença! E... eu desejo tudo do melhor para Taylor, eu poderia xingá-la e acabar com a imagem dela, confesso que queria fazer isso há alguns meses atrás mas eu percebi que não vale à pena, sabe? Eu não vou me desgastar com isso, coisas incríveis estão acontecendo na minha vida, eu vou deixar que o tempo se encarregue de devolver à ela tudo o que ela fez comigo. 

  • Você tem um novo amor na sua vida?
— Não, eu estou focada na minha filha e na minha carreira! 

O sorriso dela era tão radiante e encantador, de longe dava pra ver que ela estava feliz e parecia estar tão bem consigo mesma... Joe mordeu o lábio inferior para impedir o sorriso que queria nascer em seus lábios. Elisa desligou a televisão e cruzou os braços.

— Eu tenho certeza que Demi está tramando algo para se vingar dessa tal de Taylor, nós sabemos que ela é muito vingativa, lembra do que ela fez com você

— Talvez ela tenha mudado. — Deu os ombros — As pessoas mudam, não é mesmo Elisa? — Plugou os cabos do notebook na televisão. — Pode escolher o filme, vou preparar a pipoca. 



Nova York
10:45 da noite


Demi se despediu de toda sua equipe e prometeu que voltaria à trabalhar em breve. Ela adentrou no carro que a levaria de volta para o hotel. O dia havia sido cheio e tudo o que ela queria era sua cama, Miley dormia com o cabeça encostada no vidro da janela. A chuva havia tomado conta de Nova York e o trânsito estava demais, Demi tentou cochilar mas foi totalmente em vão, sua mente trabalhava a milhões, lembranças passavam pela sua cabeça e ela não tinha como se livrar delas, não tinha como escapar.


Flashback on


Demetria andava rapidamente pelas ruas de Nashville, ela havia saído do chalé há alguns minutos atrás e ainda podia sentir a raiva queimar em suas veias, queria se vingar de Joseph, queria que ele se arrependesse amargamente por tê-la trocado por aquela sonsa. Demi pegou o celular do bolso e ligou para sua amiga, precisa se acalmar e sabia que Elisa lhe ajudaria. 

— Oi amiga. — Elisa disse alto.

— Oi, aonde você está? — Perguntou estranhando aquele som alto, era uma música remixada.

Josh está dando uma festa na casa dele, amiga isso aqui está bombado! Aonde você está? Vem pra cá!

— Eu não sei... briguei com Joseph e estou me sentindo mal. 

— Mais um motivo pra você vir, podemos dançar até você esquecer isso, vem por favor, não tem problema nenhum em se divertir um pouco. 

— Tudo bem mas eu não vou ficar muito tempo. 

— Estou te esperando. — Elisa desligou o celular e Demi suspirou, sua mente dizia para ela não ir mas qual era o problema? Ela iria apenas se divertir um pouco, estava precisando de diversão. Demi caminhou até a casa de Josh e quando chegou nem precisou tocar a campainha, a porta estava aberta e a casa estava cheia de adolescentes, muitos conhecidos da escola estavam ali e pessoas desconhecidas tamnbém. Demi procurou Elisa com os olhos e a encontrou no centro da sala dançando com Josh. Ela cumprimentou o cunhado com um beijo na bochecha e puxou Elisa pela mão. — E ai, o que aconteceu? — Elisa perguntou puxando Demi até a cozinha aonde estava as bebidas. 

— Joseph me trocou pela Selena. — Disse visivelmente chateada, Elisa fez uma careta e entregou um copo vermelho com vodka pra ela.

— Eu disse pra você dar uma lição nela e você não me escutou, o que te garante que ele não está te traindo?

— Joseph não é esse tipo de cara, eu o conheço...  — Suspirou e encarou a bebida transparente dentro do copo, ela não deveria beber.

— Amiga, você viu o jeito intimo deles na sorveteria? Está tão na cara, só você não quer ver. Anda bebe logo, você precisa se divertir — Demi sentiu-se culpada, o namorado da irmã estava dando uma festa e ela estava bebendo enquanto Miley estava em casa provavelmente chorando e ajudando sua mãe. — Chloe e está lá fora fumando, se você quiser podemos ir até lá. 

— Não tem problema nenhum em se divertir um pouco, né? — Falou virando o copo de vodka... foram um, dois, três copos de vodka e algumas garrafas de cerveja, ela já estava falando coisa com coisa e cambaleando, ela também tinha cheirado cocaína com Chloe e fumado maconha. Demi estava completamente fora de si e ela nem sabia como havia chegado à esse ponto. 

— Demi, Josh quer falar com você. — Demi virou-se e segurou no braço da amiga para não cair. — Ele está te esperando lá no quarto, aproveite e faça Joseph se arrepender! — Tinha algo naquele sorriso mas Demi estava bêbada demais para perceber, ela subiu as escadas cambaleando e adentrou no quarto, Josh estava sentado na cama sem camisa. Ela nunca havia parado pra perceber em como ele era bonito.

— Vem cá. — Josh puxou Demi pela mão e a fez sentar de lado em seu colo. — Eu vou te ajudar à fazer Joseph se arrepender por ter lhe traído. — Disse dando um beijo no pescoço dela. Demi sentiu o arrepio tomar conta do seu corpo e o desejo cresceu em si, ela retribuiu cada carinho e toque de Josh. Demi não perdeu tempo e colou seus lábios aos dele em um beijo cheio de desejo, ela passou as mãos pelo peitoral nu dele e o empurrou fazendo-o deitar na cama, Demi tirou sua blusa ficando apenas com o sutiã preto e voltou a beijá-lo. Não demorou muito para o restante das suas roupas tomassem o mesmo rumo que sua blusa, as mãos tocavam em pontos sensíveis no corpo um do outro, estavam tão bêbados e perdidos no momento que nem pensaram no preservativo, os corpos fundiram-se em um só. Os gemidos misturados, as respirações ofegantes, eles se moviam em perfeita sintonia! O orgasmo veio com tudo e Demi sentiu as pernas tremerem, ela deitou-se ao lado de Josh e apagou.


Flashback off


As lágrimas tomaram conta do seu rosto e ela sabia bem o motivo, faziam tantos anos mas toda vez que lembrava-se daquilo se sentia suja e a maior vadia do mundo! Ela se arrependia tanto, queria poder dizer à Joseph o quanto sentia por ter estragado tudo daquela maneira, mas ele não iria lhe ouvir e provavelmente a jugaria, ela faria o mesmo no lugar dele! Merecia todo o desprezo e raiva que Joseph sentia por ela. 


Flashback on


A porta foi aberta bruscamente, Demi abriu os olhos, piscou algumas vezes e focou seu olhar em Joseph. O olhar dele transbordava raiva e dor, ela sentou na cama e enrolou-se com o lençol, sua cabeça doía e dava voltas e voltas, Elisa apareceu atrás de Joe com um sorriso maldoso nos lábios e ao seu lado estava Miley com olhos cheio de lágrimas, o que eles estavam fazendo ali?

— Quando eu acho que você não pode me surpreender você vai lá e se supera. — Disse irônico. — Você é uma puta e eu tenho certeza que seu pai morreu de desgosto por ter uma filha como você. — As lágrimas começaram a descer pelas suas bochechas quando ela teve consciência do que havia feito, ela não queria acreditar que tinha feito aquilo, como foi capaz? 

— Joe... 

— Nunca mais me procure, acabou! Pra mim você morreu. Vamos Miley, você é mais do que isso, merece coisa melhor. 

Flashback off


— Demi? O que aconteceu? — Miley pergunto ao ver a irmã chorando, Demi limpou as lágrimas e encarou a irmã. 

— Eu... eu sinto muito por tudo o que eu fiz você passar. Eu não mereço seu perdão, não mereço uma irmã como você.

— Não diga bobagens, nosso amor é maior que isso, o.k? Tudo ficou no passado! Eu tenho muito orgulho de você, você é uma pessoa tão forte, já passou por tantas coisas, você é minha maior inspiração desde os meus dez anos, em algum momento podemos ter nos afastado mas isso não mudou. — Demi sorriu entre as lágrimas e deitou a cabeça no colo da irmã enquanto recebia carinho nos cabelos, Miley tinha noção de como aquilo era importante pra ela?

— Ultimamente... eu estou sentindo a necessidade de me desculpar com as pessoas que eu machuquei, eu já pensei em pedir desculpas para Joseph mas eu tenho medo, Mi. Eu tenho medo da reação dele, do que ele vai pensar... tem mais do que imaginam.

— Você deveria tentar, Joseph não vai levantar a mão pra você ou te xingar, eu o conheço bem.

— Não é tão simples assim, Mi. — As lágrimas voltaram com força e ela suspirou, estava prestes a revelar um segredo que sempre guardara a sete chaves mas precisava compartilhar com alguém se não ia acabar se sufocando.

— Eu não estou te entendendo, Demi.

Eu engravidei do Joseph.


--

oi meninas.
já quero me desculpar pela demora, sei que é chato esperar tanto tempo
mas tem muita coisa acontecendo na minha vida, a bad chegou com tudo
e com ela trouxe o bloqueio, pra terminar de foder tudo eu estou sem óculos, eu sou míope
e ficar na frente do computador esses dias tem sido uma tortura.
enfim, espero de coração que vocês gostem, eu fiz o melhor que pude.
respostas no próximo o.k?


minha crush

30 comentários:

  1. Eu amei gente postar mais por favor 😙😙😙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz em saber que gostou (:
      vou postar hoje, bjs

      Excluir
  2. Aii OMG OMG OMG OMG minha cabeça está girando e girando é muita coisa pra mim então o aborto que ela fez o bebê era do Joseph e ela realmente usava droga e a traição foi armação dá vadia dá Elisa que nojo dessa cobra ela merece comer o pão que o diabo amassou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. será que ela abortou? no próximo vocês vão ter tudo o que aconteceu, com direito à flashback e explicação.
      vai ter uma capítulo todo explicado em como Elisa armou tudo, josh daqui uns dias voltará e ai vocês vão descobrir tudo direitinho.

      Excluir
  3. Eu amei gente postar mais por favor 😙😙😙

    ResponderExcluir
  4. Não para agora por favor não demora por que eu vou ter um infarto do coração e olha que eu tenho problema de coração. Mais sério que capitulo mais foda sério eu até chorei lendo esse capítulo então por favor continua logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. menina não morre não, ainda tem muita coisa pra acontecer.
      respira fundo e vamo que vamo!
      esse capítulo é um dos meus favs, vamos chorar juntas <3
      vou postar hoje mesmo, bj.

      Excluir
  5. Meu amor, eu amei, sabia?
    Ficou maravilhoso e principalmente a parte do divórcio, me senti como se estivesse vendo um filme! Kkkk
    Esse demorou né? Mas tudo bem, eu entendo! Continue quando der. Beijo! ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz em saber que vocês gostou <3
      essa parte foi a mais trabalhosa, tive que pesquisar bastante pra saber como funciona o processo de divórcio kjsas mas ainda bem que vocês gostem, valeu a pena todo o esforço.
      vou continuar hoje mesmo, bjs <3

      Excluir
  6. PELO AMOR DE DEUS POSTAAAAAAAAA OMG OMG OMG !

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus! Q capítulo maravilhoso.Nao demore para posta o próximo capitulo por favor.Eu acho q vou ter um infarto aqui Senhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz em saber que você gostou (:
      vou postar hoje, sempre tento não demorar mas sou constantemente tombada.
      não morre não, moça, pelo amor de Deus <3

      Excluir
  8. Bem q vc poderia posta um capítulo hj.Pq hj é dia 13/03 o dia de Jemi ��

    ResponderExcluir
  9. Mds que capítulo maravilhoso. Posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que você gostou ç3
      vou postar hoje mesmo. bjs

      Excluir
  10. SAW YOU WALK INSIDE A BAR HE SAID SOMETHING TO MAKE YOU LAUGH I SAW THAT BOTH YOUR SMILES WERE TWICE AS WIDE AS OURS YEAH YOY LOOK HAPPIR YOU DO(de todas as músicas esse a how would you feel são minhas fav)

    aí ele passou o dia todo brincando com a Sophia e com o Daniel ai gente eu morro de amores num guento

    EU ADORO FLASHBACKS AAAAAAAAAA ai o pai da Demi morreu q triste,choremos

    "ela te ama tanto que chama outro de pai" PISA MAIA DEMETRIA Q TÁ POUCO,A SOPHIA FICOU COM ELA MDS AAAAAAAAAAAAAAA DEMETRIA RAINHA ADORO

    ai odeio esses flashbacks q a Demi é uma vadia má aaaaaaaaaaaaaaaaaa

    num sei se isso foi uma indireta mas eu adorei oq o Joe disse pra Elisa akdjsjdakdjaksdjakd

    EU ODEIO A ELISA COM TODAS AS MINHAS FORÇAS(e não é pouca)AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA VADIA COBRA TRAIDORA POR TUDO Q É MAIS SAGRADO EU QUERO Q TENHA UMA CENA DA DUAS SAINDO NO TAPA E A DEMETRIA SAINDO POR CIMA PELA MOR DE DEUS MILE REALIZE MEU DESEJO

    MINHA TEORIA TAVA CERTA MDS EU TO PASSANDO MAL EU SOU MUITO FODA AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA(eu sei q errei o nome do cara mas ok) ELA ENGRAVIDOU E ABORTOU EU SABIA AAAAAAAAAAAAAAAAAA SÓ VEM REVELAÇÕES Q EU TO PREPARADA(mentira eu não to mas eu aguento)bjs rainha das fanfics

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CAUSE BABY YOU LOOK HAPPIER YOU DO
      happier, perfect e supermarket flowers são minhas protegidas <3
      esses três são tão amorzinhos, aiai ~suspiro~
      demi mostrando como sambar, adoro... ela ainda vai sambar muito por aqui, joe e elisa que aguardem.
      a bichinha era stone cold mesmo, né?
      não foi uma indireta porque ele ainda não sabe o que ela aprontou mas eu também amei
      vai ter um capítulo explicando como elisa conseguiu convencer josh e etc... vai ser ba-ba-do
      será que vai ter as duas no tapa? já tenho tudo planejado na minha mente, só vem!
      AAAAAAAAAAAAAAAAAH ~vamos surtar juntas~
      ela engravidou mas será que abortou?
      já pegou o colete à prova de balas? se prepare!
      bjs amore <3

      Excluir
  11. Lauren é crush universal q mulher linda da porra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade! a vagabunda é destruidora demais;

      Excluir
  12. O cap ficou perfeito ������! Posta logo������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que tenha gostado, vou postar hoje.
      bjs

      Excluir
  13. MANO COMO ASSIM?
    TU PARA LOGO BEM AI
    EU TO PASSADA COM ESSA NOTICIA
    PELO AMOR DE DEUS
    POSTA LOGOOOO
    QUERO FLASHBACK DESSA GRAVIDEZ AI HEIN
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. desculpa, eu juro que não sou uma má pessoa.
      kjfkjsf eu vou postar hoje.
      vai ter sim, prepara o coraçãozinho.
      bjs

      Excluir
  14. Como que você faz isso ? Parar logo ai, posta logo pelo amor de Deus kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. perdoe minha maldade e não desista de mim.
      vou postar eu prometo, bjs. ajksfj <3

      Excluir
  15. Desculpe ficar sem comentar.
    Sabe a raiva de terminar aquele ep da serie em uma parte que não deveria acabar? Pois bem, você acabou de fazer isso e meu cérebro está aaaaaaaaaa.
    Adorei os capitulos anteriores assim como esse também está maravilhoso. Posta assim que puder e que tudo melhore. Eu te entendo sobre ser míope :( pior coisa é perder o óculos (vivo perdendo o meu hehe)
    Enfim, posta logo.
    Beijos, Mirela (https://gyllenswift.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não tem problema <3
      sei bem como é e sinto muito fazer vocês passarem por isso, eu juro que sou uma boa pessoa ajjsjs
      fico muito feliz em saber que está gostando.
      obrigada, é horrível! eu também perco o meu direto e quando não perco, eu quebro <3

      Excluir