03/04/2017

Capítulo 23. Truth



Uma semana depois. 


Quando terminou o tour pela enorme casa, Demi sorriu e olhou através de uma das enormes janelas de vidro. Aquela casa era simplesmente fantástica! Dianna havia lhe passado o número do corretor e desde então ela já começara a busca pela casa perfeita, ela queria algo confortável e que lhe desse privacidade e aquela casa parecia ter tudo o que ela queria, o único problema era que a casa era um pouco distante pois ficava localizada em uma área de classe alta. — Então, o que achou? — O corretor perguntou ao ver o sorriso de Demi, a casa era tão grande e tão aconchegante, ela estava encantada. Os móveis eram brancos dando um toque clean pela casa, era moderna e chique, do jeito que ela gostava. 

— É simplesmente fantástica, eu amei! — Disse dando uma volta pela sala novamente. — Devo dizer que é uma forte candidata. Qual é o valor?

— Ela é uma das mais cara que vimos até agora e tudo por causa do local em que está localizada, mas é uma das melhores também, o dono quer oito milhões. Eu posso dizer que é um investimento que você não vai se arrepender depois.

— Eu tenho certeza que não. — Ela tinha gostado tanto da casa que ver outras talvez seria perca de tempo. Já estava se imaginava morando ali com Sophia. — Eu acho que vou ficar com ela, mas antes de fechar negócio eu quero trazer a minha mãe aqui e pensar um pouco, pode ser?

— Claro, eu vou deixar a casa reservada até lá.

— Obrigada, Edward. Prometo ser rápida. — Disse enquanto eles caminhavam lado à lado. 

— Tudo bem, estarei esperando você entrar em contato.

— Eu entrarei. — Sorriu e se despediu dele com um breve abraço, entrou no carro e deu partida rapidamente. No meio do caminho ela avistou um starsbucks e resolveu parar. Havia saído de casa no horário do almoço e já estava passando o fim da tarde, então estava faminta e sua barriga roncava alto. Assim que foi atendida, ela pediu dois muffins de banana com gotas de chocolate e um frappuccino. Sentou-se em uma das mesas e enquanto seu pedido no chegava passou o tempo checando suas redes sociais.

— Demi? — A mão em seu ombro lhe assustou, ela olhou para trás e sorriu ao ver Josh.

— Josh! — Disse o abraçando apertado. — O que você está fazendo aqui? — Perguntou surpresa ao vê-lo ali. Da última vez em que haviam se falado ele estava em Los Angeles trabalhando

— Posso? — Se referiu à cadeira e Demi assentiu prontamente, ter uma companhia seria legal, ela sempre fora rodeada de pessoas e odiava ficar sozinha por muito tempo. Josh sentou de frente à ela e sorriu. — O que eu tinha que fazer em Los Angeles era algo rápido, então decidi voltar pra ficar mais tempo com a minha vó. — O garçom trouxe o pedido de Demi e ela agradeceu baixinho dando uma mordida no muffim, aquilo era tão bom! — Eu fiquei sabendo do que aconteceu entre você e seu marido, quer dizer... ex marido! Como você está?

— Nós já não estávamos bem há algum tempo, meu erro foi pensar que ele mudaria por mim, mas eu estou bem. Acho que estamos melhor separados e eu estou feliz. — Deu os ombros enquanto se saboreava com os deliciosos muffins, ou ela estava muito faminta ou os muffins do starbucks eram realmente bons.

— Eu fiquei sabendo que você e Miley se entenderam, é verdade? — Perguntou roubando o frappuccino dela, Demi fez uma careta e assentiu.

— Ei, é meu! — Protestou mas foi completamente ignorada. — Eu e Miley percebemos que nosso amor de irmãs é maior do qualquer erro do passado. — Sorriu e tomou o frappuccino das mãos dele dando um longo gole logo em seguida, ela sabia qual assunto viria à seguir e estava tentando se preparar psicologicamente, precisavam conversar sobre o que tinha acontecido àquela noite, não podiam simplesmente ignorar.

— Eu fico muito feliz em saber disso. — Sorriu e passou uma das mãos pelo cabelo assim que uma menina passou por ele e sorriu, Josh piscou para a garota que deu uma risadinha e Demi revirou os olhos se inclinando para dar um tapa nele. — Ei, o que posso fazer se as meninas me adoram?

— Você é ridículo! — Brincou e eles ficaram em silêncio por algum minutos. Demi brincava com o canudo do seu frappuccino e Josh encarava seus dedos das mãos. Aquela conversa era tão estranha mas precisava acontecer. — Josh, eu preciso que seja sincero comigo. — Pediu e ele assentiu prontamente. — Naquela noite em que... em que nós fizemos aquela merda. Você já tinha planejado aquilo? Eu não consigo entender como... como você deixou que eu fizesse àquilo com Joe, eu não estou te culpando só quero saber o que realmente aconteceu, como chegamos aquele ponto. — Disse sentindo o nervosismo lhe atingir em cheio! Falar sobre aquilo sempre lhe deixava assim, tinha algumas coisas na sua mente que não encaixavam e ela queria entender tudo.


Flashback on


Sua festa estava bombando e Josh não poderia estar mais orgulhoso disso. Era sua primeira festa e ele estava animado. Com certeza seria o assunto da escola durante toda a semana. Ele estava na pista de dança com os amigos quando Elisa se aproximou dele com o celular na mão. 

— Joshua, eu preciso falar com você! — Disse seriamente, ele já estava bêbado mas mesmo assim franziu o cenho e acompanhou Elisa até um canto mais calmo da sua casa. 

— O que aconteceu? — Perguntou dando um gole na sua garrafa de cerveja. 

— Demetria acabou de me ligar, ela me disse que pegou Joseph traindo ela com a Selena. — Falou decepcionada, Josh arregalou os olhos e cuspiu sua cerveja fora, filho da puta!

— Eu vou matar aquele desgraçado! — Ele estava irritado. Era apaixonado por Demi há muito tempo e nunca tinha conseguido nada além da amizade dela enquanto Joseph à tinha de joelhos e dava uma mancada daquelas, qual era o problema dele, afinal?

— Ela disse que está vindo pra cá e quer sua ajuda pra se vingar do Joe. — Se vingar? Ele franziu o cenho, Demi não era o tipo de pessoa que se vingava. 

— Não é melhor ela ir pra casa dela e ficar de boa? Não acho que esse seja um ambiente agradável pra ela agora. — Elisa revirou os olhos e tomou a garrafa da mão dele dando um gole em seguida. 

— Não seja idiota, Josh. Ela precisa se divertir pra esquecer e não ficar na fossa. Você sabe como ela vai se vingar, não sabe? — O sorriso malicioso entregou tudo, Josh negou com a cabeça e saiu deixando Elisa sozinha ao avistar Demi adentrar na sala. As horas se passaram e Josh observava Demetria de longe, ela já estava bêbada e dançava no meio da sala de modo provocativo, ele até tentou fazê-la parar e ir pra casa mas parecia que Elisa estava determinada em deixar a amiga bêbada. Depois de um tempo, Elisa foi até ele e sussurrou em seu ouvido: — Demi mandou você ir para o quarto, ela vai daqui à alguns minutos. — Sorriu maliciosa e piscou para ele indo atrás de Demi logo em seguida. 


Flashback off


— Antes de você chegar, Elisa havia me dito que você havia pego Joseph lhe traindo com Selena. — Demi arregalou os olhos e abriu a boca pra dizer alguma coisa mas não conseguiu dizer nada. Ela nunca havia dito aquilo à Elisa, sempre dizia que tinha suspeitas mas não que havia descoberto algo que comprovasse. — Na hora eu não quis acreditar porque Joseph não parecia esse tipo de homem, mas as palavras de Elisa eram convincentes e eu acabei acreditando. Eu fiquei muito puto porque eu era apaixonado por você e Joseph te tinha nas palmas das mãos dele e não deu valor! Eu me lembro de ver você dançando de um modo provocativo e bebendo pra caralho, até pensei em fazer você parar mas Elisa não deixou, lembro dela dizendo que você precisava se divertir e afogar suas mágoas. — Como Elisa fora capaz de fazer aquilo? Era culpa dela? — Ela me disse que você queria minha ajuda pra se vingar de Joe e mesmo tudo aquilo sendo muito estranho eu aceitei, fui para o quarto já sabendo o que iria acontecer e bem... o restante você sabe. Eu deveria saber que tinha algo errado naquela história, Joe te amou muito Demi e algo me diz que ele não seria capaz de te trair mas na hora eu não liguei, a ideia de ter você nem que fosse por uma noite me agradava muito. Eu não te condenaria se você me odiasse ou algo do tipo, eu deveria ter agido como um homem naquela noite, deveria ter feito você parar de beber e ter te mandado pra casa mas eu agi como um moleque e fiz o que não deveria.

— Eu não posso te culpar... eu também tenho culpa de tudo! Não deveria ter ido àquela festa, deveria ter escutado minha consciência mas deixei que Elisa me manipulasse. — Demi sentiu seu coração doer e não foi capaz de segurar as lágrimas. — Como uma pessoa pode ser tão cruel à ponto de estragar dessa maneira a felicidade de outra pessoa, Josh? Eu chamei ela de melhor amiga, contava tudo sobre minha família e meu relacionamento pra ela e tudo o que ela fez foi acabar comigo. Ela fez o cara que eu amo me odiar mais do que tudo e... — Demi começou a chorar e Josh suspirou segurando uma de suas mãos, ele odiava quando via uma mulher chorar, nunca sabia o que devia fazer e estava se sentindo profundamente culpado. — E eu nem sei se algum dia ele vai me perdoar. Como uma pessoa pode ter tanta maldade no coração à ponto de fazer isso, Josh? Eu não consigo entender.

— Demi, Elisa sempre foi louca pelo Joseph e você foi a única que nunca enxergou isso. Desde a época da escola, ela fazia sua cabeça contra Selena porque sabia que Joseph e Selena era bons amigos e seria bem fácil fazer você acreditar que Selena era apaixonada por ele. Ela fez a sua cabeça pra você não perceber que ela era apaixonada pelo Joe, porque se você percebesse, Elisa sabia que nunca teria chances, ela queria o caminho livre pra ela.

— Como eu fui tão burra, Josh? Como eu não percebi o que estava em baixo do meu nariz o tempo todo? Eu destruí minha felicidade à troco de nada.

— Você ainda o ama, Demi. — Josh não perguntou, ele afirmou!

— Eu não queria, eu juro que não queria mas... esse sentimento me persegue aonde quer que eu vá, eu tentei seguir em frente com Bradley mas Joseph sempre estava lá, quando eu estava nos braços de Bradley eu fechava os olhos e me imaginava deitada nos braços dele. Foi assim com todos os caras que passaram pela minha vida, eu estava com eles mas desejava estar com Joe. Dói muito saber que talvez ele nunca vá me perdoar, dói ainda mais ver que ele está com aquela desgraçada e que provavelmente acredita em tudo o que ela diz ao meu respeito.

— Você já tentou conversar com ele?

— O que eu diria pra ele? Que sinto muito e que a namoradinha dele é uma falsa, mentirosa? Ele provavelmente iria rir da minha cara e defenderia Elisa. Eu sei que isso vai acontecer.

— Ele precisa saber quem Elisa realmente é e o que ela fez. Você tem que conversar com Joseph, colocar tudo em pratos limpos, você não pode ficar reprimindo esse sentimento dentro de você, isso vai te consumir aos poucos.

— E o que eu posso fazer, Josh? Se eu for até lá e soltar um "eu ainda te amo" ele vai rir da minha cara e jogar todas as merdas que eu fiz na minha cara, sem contar que ele vai pensar que eu estou falando isso porque me separei do Bradley e estou carente, prefiro deixar as coisas como estão. 

— Se você quiser podemos falar sobre Elisa juntos. Eu faria qualquer coisa pra te ajudar e ver sua felicidade. 

 — Obrigada, Josh. Isso significa muito pra mim, eu ainda vou pensar sobre o que fazer e criar coragem... — Eles sorriram e o silêncio se instalou entre eles por alguns minutos, só foi quebrado quando o celular de Demi tocou. Era Dianna perguntando se ela estava chegando e avisou que estava no restaurante com Sophia. — Josh, eu realmente preciso ir. Muito obrigado por tudo, você é realmente um ótimo amigo. 

— Tudo bem, dirija com cuidado, obrigada pelo frappuccino e lute pelo o que acha que é o melhor pra você, sua felicidade vale à pena e se ter Joseph de volta for a sua felicidade, lute por isso, seja uma porra de uma guerreira, o.k? — Demi assentiu sorrindo e o abraçou brevemente.

O caminho até o restaurante foi tranquilo mas os pensamentos de Demi não lhe deixaram em paz nem por um minuto, agora tudo fazia sentindo. O jeito que Elisa fazia sua cabeça sobre Selena, lhe mandava maltratá-la e dizer coisas horríveis à ela. Céus, como pode ser tão cruel? A maneira que ela insinuava que Joe à traía, era uma lista de coisas que na época deixou que passasse despercebido mas que hoje faziam todos os sentidos. Sua barriga se embrulhou ao pensar naquilo, em tudo o que tinha feito de ruim por causa de Elisa. A situação apenas piorou quando ela adentrou no restaurante e viu Sophia nos braços de Elisa, aquilo não podia estar acontecendo! Ela não queria sua filha perto daquela mulher. A raiva cresceu ainda mais forte em seu peito, Demi caminhou em passos rápidos e firmes até Elisa e tirou Sophia dos braços dela de forma brusca.

— O que...?

— Nunca mais encoste suas mãos imundas na minha filha, está entendendo? Se eu ver ou ficar sabendo que você chegou perto da minha filha eu acabo com você. — A essa hora todos olhavam para elas tentando entender o que estava acontecendo. Demi não se intimidou com todo aquele olhar e continuou: — Escreve o que eu estou lhe dizendo, Elisa. A sua máscara vai cair e todos vão saber a vadia fingida que você é!

— Demetria, que palhaçada é essa? — O tom de voz dele era firme. Joe segurou o braço de Demi com força mas ela não se importou, mesmo sabendo que provavelmente ficaria vermelho. Ele era tão burro quanto ela por acreditar naquela fingida.

— Ela não é essa santinha que você pensa, Joe! E eu vou assistir de camarote o tombo que você vai levar quando perceber que ela está te fazendo de trouxa. — Os pelos dos seus braços se arrepiaram e Joe ignorou aquela sensação, seu coração batia forte no peito e ele encarava os olhos amarronzados e doces de Demi, ele viu verdade ali mas não quis acreditar.

— Quem você pensa que é pra dizer alguma coisa dela? — Perguntou irritado e Demi sorriu de forma irônica. Ela não tinha direito de entrar no seu local de trabalho e tratar sua namorada daquela maneira. — Você não tem direito nenhum pra tratar Elisa dessa maneira, a única fingida aqui é você e todo mundo sabe. — Aquelas palavras lhe atingiram no fundo do coração mas ela não deixou que as lágrimas rolassem em seu rosto, olhou para Elisa e sorriu cínica.

— Não vai levar muito tempo pra eu acabar com essa sua farsa de boa moça, Elisa. Seus dias de glória estão acabando!

— Demetria, já chega! — Dianna disse autoritária. As pessoas que estavam no estabelecimento olhavam para eles e comentavam baixinho. Selena estava sem reação e as palavras de Demi ecoavam em sua mente, será que Elisa realmente mentia sobre quem era? Ela observou Elisa que chorava baixinho no peito de Joe, sua mente estava confusa.

— Eu já terminei aqui, meu recado está dado! — Deu as costas e caminhou até o carro sem olhar para trás. Sophia sorriu para Joe e acenou dando tchau.

— Uau, minha irmã é meu espirito animal. — Miley disse olhando para a porta por onde Demi havia acabado de sair. Era bom saber que ela não era a única à cair na farsa de Elisa.

— Vai procurar o que fazer, Miley. — Joseph falou irritado. Ele beijou a testa de Elisa e foi com ela até sua sala. Elisa sentou-se no sofá que havia no canto da sala de Joe e chorou baixinho, estava se sentindo humilhada. O que Demetria havia descoberto? 

— Eu estou me sentindo humilhada, amor. — Disse quando ele sentou ao seu lado e lhe abraçou, passando conforto e carinho. — Ela quer ferrar com a minha vida sem nenhum motivo, eu era a melhor amiga dela, tudo o que eu fiz foi apoiá-la e ajudá-la nos momentos difíceis. Porque ela está fazendo isso comigo?

— Eu não sei porque Demetria disse aquilo mas...

— Eu sei exatamente porque ela disse aquilo, Joseph. Só você não ver! Ela recebeu um pé na bunda do marido e agora que ela está vendo como estamos bem e felizes, ela quer estragar isso. Eu tenho certeza que ela vai fazer a cabeça de todos contra mim, parece até que Selena já passou pro lado dela.

— Isso não é verdade.

— Não? — Afastou-se dele e o encarou. — Encontrei com Ellie hoje de manhã e ela me fez questão de dizer como estava feliz por Demetria e Selena estarem trabalhando juntas no vestido de casamento dela. Demetria consegue manipular todos ao redor dela, só não ver quem não quer.

— Elisa, ela não vai fazer a cabeça de ninguém, nós não somos mais adolescentes, somos adultos! Não é como se ela e Selena fossem melhores amigas, ela só está arrumando um jeito de consertar as coisas com Selena e... sobre mim, você já está cansada de saber que é você quem eu quero! É com você com quem eu estou, eu posso perdoá-la um dia mas não vou voltar pra ela. Nada do que ela diga vai mudar minha opinião sobre você, é você que eu quero, está entendido? — Joseph disse segurando o rosto dela com as duas mãos. Elisa sorriu fraco limpando as lágrimas e Joe colou seus lábios num beijo calmo e gentil. — Eu prometo que vou resolver isso, o.k?  — Ela assentiu e sorriu de uma forma maliciosa sem que Joe pudesse ver.


***


— O que foi que te deu pra agir daquela forma com Elisa? O que ela te fez? Aquela não foi a educação que eu te dei. — Dianna disse assim que elas adentraram em casa. Ela estava confusa e sua mente não entendia nada do que tinha acontecido. Demi revirou os olhos e colocou Sophia no chão, a garotinha sorriu e correu até o tapete para pegar os brinquedos que estavam espalhados pela sala.

— Eu tive meus motivos, mãe. — Disse cansada, sua cabeça estava prestes à explodir! Havia sido um dia cheio de emoções e tudo o que ela precisava era de um banho e da sua cama. 

— E quais motivos são esses, Demetria? Quais motivos você tem pra tratar uma pessoa daquela maneira?

— São motivos meus, mãe. Eu não quero falar sobre isso, pode ser? — Perguntou irônica e Dianna sentiu vontade de dar umas belas palmadas na bunda dela, assim como fazia quando ela e Miley eram pequenas e aprontavam. Aquilo tudo estava cheirando à encrenca e era o que Demi menos precisava agora, encrenca.

— Não, não pode ser. Eu não criei você pra ser assim, pra tratar as pessoas dessa maneira.

— Elisa me fez fazer coisas que eu não queria fazer, por causa dela eu destruí minha felicidade e eu não vou deixar isso passar, mãe. Elisa não é a virgem maria, ela não é uma santa.

— O que ela te fez de tão mau assim? Elisa sempre foi uma menina muito educada comigo, vocês eram tão amigas, o que aconteceu com isso? A forma que você tirou Sophia dos braços dela, céus... elas estavam apenas brincando.

— Eu não quero a minha filha perto daquela mulher, não quero de jeito nenhum.

— Isso tudo é ciúme? — Perguntou divertida e Demi riu revirando os olhos, ela sentou no sofá e retirou os saltos.

— Mãe pelo amor de Deus! Eu não tenho mais quinze anos, o que Joseph faz da vida dele não me interessa, eu só quero que as pessoas saibam quem Elisa e de verdade!

— E quem falou de Joseph? Eu estava falando de Sophia. — Dianna gargalhou com vontade quando viu a filha ficar sem jeito. Demi estava sentindo seu rosto queimar de vergonha e ela não sabia o que dizer, diabos! — Tudo bem, querida. — Disse após cessar sua pequena crise de riso. — Eu só não quero que você vá atrás de confusão, acho que você já teve bastante pelo ano inteiro, tenta sossegar, o.k? Não se esqueça do que o pastor disse. Algumas coisas do passado é melhor ficar no passado.

— Mãe a senhora e o pastor Max... fariam um belo casal! — Sorriu de lado e Dianna negou com a cabeça levantando-se do sofá num pulo.

— Não e não! Eu e Max somos apenas bons amigos, você e sua irmã precisam parar de querer arrumar um namorado pra mim. — Disse com as bochechas coradas ao ver o jeito que a filha olhava para si. — Apenas bons amigos, Demi. Nada além disso. — Reforçou e Demi jogou suas mãos para o alto e forma de redenção.

— Eu apenas acho que vocês combinam. — Riu. — Tudo bem não vou dizer mais nada mas parece que ele gosta de você. — Dianna jogou-lhe a almofada que estava no sofá e acertou em cheio! Demi gargalhou alto e se jogou sofá. Sophia olhou curiosa para as duas e começou a falar coisas que apenas ela entendia.

— Bobó! — Disse apontando o dedo para avó de forma autoritária. Dianna riu e pegou a neta no colo jogando ela para o alto.

— Vovó te ama, linda! — Falou enchendo o pescoço da menina de beijos.

— Eu acho que já escolhi a casa. — Demi falou encarando a mãe. Dianna sentou ao lado da filha com a neta no colo e sorriu. — Quatro quartos, duas salas, cozinha, piscina... é uma casa enorme e muito boa! O único problema é a distância, são quase trinta minutos até lá mas eu realmente gostei da casa.

— E o valor?

— Oito milhões.

— Oito milhões? — Demi assentiu e suspirou. — Filha, tem casas mais baratas por aqui.

— Eu sei mãe, vimos algumas casas por aqui mas nenhuma me agradou. Eu me vejo morando naquela casa com Sophia, tem uma vista incrível da cidade, a casa é praticamente toda de vidro, é linda mãe!

— Tem certeza que uma casa de vidro é segura? Eu sei que estou sendo chata mas eu me preocupo com a sua segurança, você é uma pessoa pública e bem... nem todas pessoas no mundo são boas.

— Eu entendo sua preocupação, mãe, por isso quero que a senhora vá lá comigo dar uma olhada na casa, se você não achar que é um bom negócio eu não vou comprar.

— Tudo bem, eu vou lá com você. — Demi sorriu e abraçou a mãe.

— Obrigada, mãe. — Dianna sorriu e beijou a testa da filha, faria tudo pela felicidade delas. Após uma breve conversa sobre um assunto qualquer Demi subiu para tomar banho enquanto Dianna ia aprontar o jantar. Demi ligou a torneira para encher a banheira e foi até o closet separar um pijama confortável e quente já que ventava frio naquele fim de tarde, após separar o pijama, Demi voltou para o banheiro e se despiu, prendeu o cabelo num coque alto e entrou na banheira sentindo a água quente lhe aquecer. Ela fechou os olhos e deixou seu corpo relaxar.


Flashback on


A chuva caía forte do lado de fora do chalé e do lado de dentro Demetria e Joseph se aqueciam com abraços e xícaras grandes e quente de café. Demi adorava ter aqueles momentos com Joe, era em momentos como aqueles que Demi se sentia protegida e segura, momentos como aquele lhe fazia se sentir amada. — Está muito frio. — Demi disse colocando a xícara de café no chão, ela enrolou-se na manta quentinha e se encolheu nos braços de Joe. Ela olhou para o rosto dele e guardou cada detalhe, o formato estreitos dos olhos, o tom esverdeado que só pertencia à ele. O nariz perfeitamente alinhado, a boca perfeitamente desenhada, ele era tão perfeito! — Eu te amo tanto, Joe. — Seu coração batia tão forte no peito que ela sentia como se ele pudesse rasgá-la e sair para fora. 

— Eu também te amo, amor. — Ah, aquele sorriso era de tirar o folego de qualquer mulher, quão sortuda ela era por ter aquele homem pra si?

— Eu prometo que se um dia algo acontecer com a gente, se... por algum motivo algo der errado no nosso relacionamento eu vou lutar por você, por nós! Eu nunca vou te deixar ir, quando Deus criou você, ele pensou em mim. Você é a melhor coisa que me aconteceu. 

— Não vai acontecer nada conosco querida, nosso amor é maior que qualquer obstáculo que venhamos enfrentar. 

Flashback off


Demi abriu os olhos e suspirou longamente. Ela queria odiá-lo mas parecia tão impossível. Lembrou-se de todas as vezes que o imaginou enquanto fazia amor com Bradley, lembrou-se de que em cada detalhe do seu relacionamento com Bradley, ela via Joseph. Ele sempre estava ali só que ela estava ocupada demais para se permitir pensar nele mas agora... estava quase sendo impossível! E se começasse à lutar por ele e fosse totalmente em vão? E se Joseph realmente gostasse de Elisa? Ela só iria atrapalhá-lo e se desgastar, o que deveria fazer? O cansaço tomou conta de si, ela alcançou o sabonete liquido com a mão, se lavou rapidamente e saiu da banheira. Assim que entrou no quarto encontrou Miley, Selena e Sophia deitadas em sua cama, franziu o cenho e alcançou sua roupa intima. 

— Selena? — Perguntou surpresa ao vê-la ali, Demi ainda sentia que Selena ficava tímida em sua presença. 

— Miley me arrastou pra cá, disse que precisávamos de uma reunião feminina. — Demi riu e olhou para a irmã com a sobrancelha arqueada sem saber o motivo daquela reunião feminina.

— Precisamos conversar. — Miley deu os ombros e sorriu sentando-se na cama. 

— Sobre o que? — Perguntou alcançando seu pijama.

— Como assim sobre o que? Sobre o que aconteceu mais cedo no bistrô, o que foi aquilo? Maninha, você arrasou. 

— Confesso que eu estou confusa até agora. — Selena disse dando espaço para Demi sentar ao seu lado na cama assim que terminou de vestir o pijama, ela suspirou e encarou as duas curiosas em seu frente. 

— Hoje à tarde depois que eu me encontrei com o corretor eu fui ao starsbuck comer algo e acabei encontrando Josh por lá. — Olhou para irmã pra ver a reação dela mas Miley apenas continuou ansiosa para saber o que estava por vir e Demi acabou rindo. — Nós conversamos e ele me disse que naquela noite Elisa havia dito à ele que eu havia pego Joseph me traindo com Selena que precisava da ajuda dele para me vingar. — Selena arregalou os olhos, ela e Joseph? Eca, aquilo era estranho. — Eu juro meninas, eu juro pela Sophia que eu nunca falei isso pra ela. Eu sempre dizia que tinha dúvidas mas nunca afirmei algo.

— Eu e Joseph nunca tivemos algo, Demi. — Selena falou colocando uma mecha do cabelo atrás da orelha, Demi olhou pra ela e suspirou. 

— Hoje eu sei disso, Selly. E sinto muito por ter desconfiado de você. — Disse segurando a mão esquerda dela. — Elisa sempre dizia que você iria roubar Joe de mim, e eu acreditei, vocês eram tão amigos, tão unidos que eu pensei que Elisa estava dizendo a verdade, Josh disse que ela dizia àquilo apenas pra desviar o foco dela.

— Quando Elisa veio conversar comigo, alguns meses depois que você foi embora, ela disse que era você quem fazia a cabeça dela contra mim e que você manipulava à todos ao seu redor... — Selena estava tão confusa, quem estava falando a verdade?

— Elisa fodeu com meu relacionamento! Ela queria Joseph pra ela e não mediu esforços pra conseguir isso, Selena, eu juro que eu não sou esse tipo de monstro que Elisa disse que sou. Eu sei o que eu fiz e assumo a culpa, eu traí Joseph e nada justifica isso mas eu não vou levar a culpa disso sozinha, Elisa é tão culpada quanto eu.

— Eu sempre soube que tinha dedo de Elisa no meio dessa confusão toda, aquela carinha de demônio dela nunca me enganou. — Sophia sentou no colo de Selena e fechou os olhos sentindo o carinho gostoso que Selena fazia em seus cabelos, aquilo era bom!

— Eu estou surpresa com tudo, Elisa me pediu desculpas, disse tantas coisas e nós acabamos viramos amigas... ela mentiria tanto assim por causa de uma paixãozinha? Isso parece coisa de gente louca.

— Sempre desconfiei que ela tinha alguns parafusos à menos. — Demi suspirou e encarou um canto qualquer do quarto. — O que você está pensando em relação à isso? Você não vai deixar ela sair sã disso tudo, né?

— Eu queria dizer à Joseph a verdade mas o que eu poderia dizer? Que a namorada dela é culpada de tudo e que eu sou uma santa? — Riu sarcástica e passou a mão pelo cabelo, seu coração estava uma verdadeira confusão. — Depois de hoje, ele deve me odiar ainda mais e tenho certeza que ela já fez a cabeça dele contra mim.

— Ai meu Deus! — Miley e Selena disseram juntas depois de alguns segundos em silêncio. Demi franziu o cenho sem entender nada e arqueou a sobrancelha esperando uma explicação. — Demi, você ainda o ama. — Disseram juntas e riram das bochechas coradas da mulher. Demi desviou o olhar e encarou Sophia que dormia profundamente nos braços de Selena.

— Eu? Vocês só podem estar de brincadeira com a minha cara. — Ela não poderia negar, poderia? Estava tão na cara assim?

— Não negue, está escrito na sua testa praticamente, eu sabia, eu sabia!  — Miley falou animadamente.

— Demi, seja sincera, você ainda sente algo pelo Joe? — Selena perguntou com um sorriso animado no rosto, por mais que no passado Demetria lhe tratasse mal ela sempre torceu por ela e Joseph, os dois se amavam muito e era possível ver isso nos olhos deles.

— Sim, eu ainda sinto algo por aquele desgraçado! — Admitir aquilo em voz alta era tão estranho mas tão libertador.

— Nós podemos trabalhar à partir dai, eu tenho certeza que por trás daquela casca grossa, Joe ainda sente algo por você. — As palavras de Selena não haviam lhe convencido totalmente, Joseph parecia odiá-la mas não custava nada tentar. Ela iria tentar recuperar aquilo que Elisa havia tirado dela.

---

boa tarde, meninas, como vocês estão?
não consigo acreditar que os capítulos estão saindo rápido, espero que continue assim.
me digam o que achou do capítulo nos comentários, o.k? 
volto o mais rápido que eu puder com o próximo.
resposta aqui & aqui | bjs amores.


vocês assistiram 13 reasons why? essa série merece ser enaltecida por todos. 

30 comentários:

  1. Eu assisti 13RW e eu quero chorar toda vez que vejo uma foto da Hannah. Alias, o ultimo ep foi tão pesado que fiquei mal o dia inteiro :(
    Lendo os eps que fiquei atrasada e estou maravilhada. Não tenho muito que dizer porque se eu for falar, vai sair gigante esse comentario.
    Então, gostei de tudo e ansiosa para o proximo capitulo.
    Beijos, Mirela (http://gyllenswift.blogspot.com/)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. menina nem me fale, quando eu terminei de assistir fiquei quinze minutos para olhando para o nada, melhor série do ano!
      fico feliz em saber que gostou <3
      sinto muito pela demora, vou postar hoje mesmo.
      bjs

      Excluir
  2. OMG 😱😱😱 Eu sei quem vai contar sobre o bebê pro Joe é a cadela da Elisa.

    Que capítulo foi esse Joe continua um babaca e a cobra da Elisa fazendo a cabeça dele e ele acredita,Demi reinou só quero que na hora de botar​ tudo em pratos limpos ela leve o Josh pra mostrar que tá falando a verdade e ele ainda segure o Joe pra Demi dá uma boa surra na cobra da Elisa,Meu Squad numa reunião feminina encheu meu coração de orgulho essas meninas reinam mais a cada capítulo e a Demi admitiu pras meninas que ainda ama o Joe meu coração deu PT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é isso mesmo! ela não vai medir esforços pra destruir a demi.
      vocês ainda vão odiar muito o joe por aqui.
      josh vai ser uma grande ajuda, mas tem uma pessoa que vai chegar na fanfic que vai ser um divisor de águas, ela já foi citada aqui algumas vezes.
      ainda vai ter muito momentos desse squad maravilhoso junto, só vem!
      "meu coração deu pt" VAI SAFADÃO, VAI SAFADÃO!
      haha

      Excluir
  3. Apaixonada por esse capitulo 😍 Já pode postar mais hahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz em saber que gostou.
      vou postar hoje, sinto muito pela demora
      bjs

      Excluir
  4. Amei esse capítulo, sério menina tá cada dia melhor essa fic! Já quero essas 3 desmascarando a Elisa. NÃO PARA AMOR! Posta mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz em saber que tenha gostado.
      obrigada pelo carinho <3
      essas três são o melhor squad que o mundo respeita.
      vou postar hoje, bj

      Excluir
  5. Ta perfeito!!! Continua flor!!! ❤❤❤😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz em saber que gostou.
      vou continuar hoje mesmo, bjs.

      Excluir
  6. Comecei a ler hoj e já li todos os capitulos, estou amando
    posta rápido
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem vinda <3
      fico feliz que esteja gostando do meu cantinho.
      bjs <3

      Excluir
  7. Eu já não sei se quero que Demi e as garotas desmascarem a Snake ou que o Joe descubra tudinho e sofra a dor de ser babaca novamente, nasceu para ser feito de trouxa por mulher (tudo bem que na primeira vez Demi tava bêbada LOL), queria que ela morasse mais perto da Dianna e de todo mundo, mas já fico feliz por ela continuar lá, e espero que ela ignore o Joe agora que percebeu - e passou da fase de aceitação e de assumir para a irmã e nova amiga - que ainda é apaixonada por ele. Bradley sumiu... To achando estranho, e na minha mente Elisa é Taylor.
    Ansiosa para o próximo!
    Xoxo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. às vezes eu tenho dó do bichinho, ele já sofreu tanto e só está tentando não se magoar novamente mas infelizmente ele ta cego e vai se arrepender disso mais pra frente.
      a distância não vai ser um problema entre eles, acredite.
      finalmente ela percebeu, né? agora só falta o joe, ele ainda vai dar um pouco de trabalho mas não muito, acredite.
      bradley logo, logo vai dar as caras novamente e taylor também.
      vou postar hoje, xoxo

      Excluir
  8. Apesar do Josh ter sido um moleque no passado, eu não tou com raiva dele. Ele é um bom amigo e tá tentando se consertar, sinto que ele ainda vai ajudar muito.
    Na hora que a Demi tirou a Sophia da Elisa juro que queria que tivesse rolado sangue da Elisa claro.
    O Joe é mais cego que uma porta, mano eu tô torcendo muito pra que o Joe quebre a cara bonito e sofra.
    A vontade de ralar a cara da Elisa no asfalto é grande.
    Demetria é nota 10 quando se trata de lacrar na cara da inimigas.
    Esses flashbacks me quebram o coração ❤
    Esse trio é o melhor trio que você respeita 😍❤
    Eu tô ansiosa pro próximo capítulo, bjs 😘😘
    Amei tava perfeito ❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também não consigo sentir raiva dele. ele é tão amorzinho com esse jeitinho dele, não vou mentir, é um dos meus favs daqui. josh realmente vai ajudar muito por aqui.
      o bichinho do joe ta sendo tão odiado por aqui, tô com dó.
      você não é a única com esse desejo, espero que a demi faça isso, né non
      squad maravilhoso esse né?
      vou postar hoje.
      bj <3

      Excluir
  9. Eu não vejo a hora da máscara dessa putiane cair
    Quero logo esses dois juntos gente
    E mano a cada flashback que você joga é um tiro que eu levo kk
    E sobre o gif ai, sim esse livro é maravilhoso e a série mais ainda. Não tô sabendo lidar
    Posta logooo
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não vai demorar muito pra isso acontecer, prometo.
      isso também não vai demorar muito, hahaha!
      flashback são amorzinhos demais <3
      sim, sim, sim.
      o livro, a série, tão maravilhosos <3
      bjs

      Excluir
  10. eu comecei a assistir 13RW ontem e agora falta só dois episódios pra terminar,e ela é simplesmente maravilhosa e eu já chorei um pouquinho em alguns momentos da história vendo o que a Hannah passou e olha eu já shippei casal que nunca iri acontecer,já shippei casal que terminou e eu fiquei de trouxa mas nunca pensei em toda minha vida que eu iria shippar um vivo com a uma morta,o nível de loucura é grande


    ai imaginei com é casa e to in love,um dia eu vou comprar uma coisa

    Demi e Josh conversando sobre o que aconteceu na maldita noite e praticamente foi tudo esclarecido,AMÉM IRMÃOS,olha quando a Demi for desmascarar a Elisa ela tem que levar o Josh junto

    Elisa planeja isso desde a adolescência,VADIA DESGRAÇADA

    ISSO MESMO DEMI NÃO DEIXA A ELISA TOCAR NA SUA FILHA MUITO BEM PÕEM SUAS GARRAS PRA FORA ADORO

    cada vez que o Joe acredita nas palavras da Elisa eu xingo ele,BURRO,ah meu querido,você vai cair viu e vai cair bonito,eu e meu bonde(Demi,Dianna,Paul,Miley,Liam,Selena,Nick,Josh)vai ver de camarote e bebendo um Bourbon Street a sua queda

    meu deus cara,ninguém precisa perguntar pra Demi se ela ainda ama o Joe,ela mesma se entrega,jdasjdksdjaksdjaskdjfdkfdfkjf

    EU TO É MORTA COM ESSE FLASHBACK SOCORRO SENHOR JESUS AMADO ME AJUDA

    ai é muito bom ver meu bonde de meninas super poderosas juntas,só imagino uma cena delas chegando em um lugar de braços dados e tocando uma música de foda de fundo(pra ser mais exata,Run The World,Girls)e os cabelos ao vento,imaginou?Pois é.Beijos kirida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu assisti essa série em um final de semana, sério.
      foi um tiro no meu coração e quando eu terminei fiquei quase meia hora olhando pro nada. menina, também shippei esse casal e estou me sentindo a pessoa mais trouxa do mundo.
      menina você viu a casa que a demi comprou na vida real? me inspirei nela, as fotos da casa... meu senhor, queria muito.
      menina quando isso acontecer vai ser um choque, uma pessoa que já foi citada na fanfic vai voltar e vai ser um divisor de águas, vai ser FODA DEMAIS.
      elisa uma cobra since always.
      quando o joe quebrar a cara o bonde todo vai estar no camarote só observando, não vou mentir ADORO!
      BERRO a bichinha ta toda apaixonadinha.
      esse squad ainda vai ter muitos momentos por aqui, agurdem.
      ADOREI A IDEIA rçrçrç :)

      Excluir
  11. Posta logo please ,sou nova leitora e amei a tua fic ,estou viciada . Não desiste.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vou postar hoje, sinto muito pela demora.
      seja bem vinda <3
      não vou desistir não.
      bjs

      Excluir
  12. Mds cadê o episódio? N tô me aguentando de tanta curiosidade já. Pff n se esqueça de nos,estou aguardando. Amo a suas fanfics, vc é muito talentosa. Adoraria se vc fizesse uma maratona,séria um sonho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sinto muito pela demora, estava com uns probleminhas.
      não esqueci não, pode ficar tranquila.
      muito obrigado pelo carinho e pela paciência <3
      eu também adoraria fazer uma maratona mas não tenho capítulos adiantados.

      Excluir
  13. Cadê nosso presente de páscoa? Quero capítulo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vai ter presente de páscoa sim!
      aguarde, haha <3

      Excluir